MEU PROGRESSO DESDE 12 /01/2010

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Estou de volta, graças a Deus!

Oi gente, estava morrendo de saudades de vcs. Cheguei em casa no sábado, dia 19, logo de cara havia uma recepção em minha casa, muitos amigos me esperavam com faixas e cartazes com depoimentos maravilhosos, fizeram uma salada de frutas e todos tomaram comigo, foi muito bom! Desde então não paro de receber visitas, também tô tentando por as coisas no lugar afinal foram mais de 40 dias longe de casa, por isso só pude vir aqui hoje.

AGRADECIMENTO
Nesse momento, quero agradecer a todas vcs pelas orações e pensamentos positivos, foram muito importantes para mim. Muitíssimo obrigada!

MIMHA CIRURGIA
Não gostaria de falar sobre esse assunto porque foi muito doloroso para mim e eu não quero, de forma nenhuma, causar insegurança nas pessoas que ainda vão fazer a cirurgia, porém seria negligência minha. Todas nós sabemos dos riscos que corremos quando optamos pela cirurgia, mas o que acontece é que sempre esperamos e queremos que tudo corra bem e não estamos verdadeiramente preparadas para lidar com uma intercorrência. Foi o que aconteceu comigo.

Rezei muito antes de entrar na sala de cirurgia(12/01). Ao acordar, percebi que usava dreno quando as outras meninas(2) da enfermaria não usavam. Até aí tudo bem. No dia seguinte(13/01) comecei a dieta líquida e o dreno não parava de encher. Um dia depois(14/01) eu deveria receber alta como as outras meninas, mas aí começou meu desespero, não recebi alta, muitos enfermeiros e a equipe médica estavam ao meu redor me analisando, fiquei apavorada. Um deles me deu um liquido azul para beber (azul dimetileno) e imediatamente o liquido foi parar no dreno, nesse momento começou um grande corre-corre e eu fiquei mais apavorada ainda. Começou uma maratona de exames: fiz duas tomografia, dois exames de raio-X (não era um raio-x comum, nunca havia visto daquele, parecia que estava na NASA) e outros mais. Mais tarde um dos médicos veio ao meu leito e eu o perguntei o que estava acontecendo, ele me perguntou se eu não participei das reuniões? E disse que havia rompimento de fístula. Fiquei sem chão, eu sabia muito bem da gravidade de uma fístula rompida em uma pessoa obesa. Então perguntei para o Dr. Marcos o que seria feito de mim, ele respondeu que ainda estavam analisando, mas que eu poderia ser aberta novamente ou precisaria ir para a UTI ou, na melhor das hipóteses, usar uma sonda por tempo indeterminado. Foi o que aconteceu. No meio da tarde, Dr. Marcelo, o chefe da equipe, chegou com um endoscopista, Dr. Vladimir, um ser maravilhoso que por várias vezes me deu muito carinho, coçando meu cabelo e alisando meu braço com palavras de conforto (isso me ajudou muito: não só ele, a equipe era muito carinhosa e me tratava como alguém especial, na minha cidade os médicos se mantém a distância de nós, são completamente diferentes). Fui para a endoscopia e quando acordei estava usando uma sonda nasointestinal que desviava o alimento do estômago para que esse pudesse ser cicatrizado, também estava com o abdômen inflado. Foi aí que começou meu sofrimento, a dor na barriga era insuportável e eu gritava desesperadamente enquanto passava por corredores e elevadores até chegar ao quarto, a dor só passou à noite depois de alguns remédios e da visita de um plantonista que mexeu na posição da minha cama, o que me ajudou a soltar o ar do abdômen. Dr. Marcos voltou ao meu quarto e disse que eu poderia ficar por muito tempo com a sonda, no mínimo 15 dias (no hospital) ou até 3 meses(em casa) e a alimentação seria enteral, receitada por outra nutricionista, mesmo assim, Celeste, minha nutri, me visitava e me dava carinho todos os dias em que fiquei lá. Fiquei 4 dias sem beber água e sem receber alimentação, fui sustentada por soros que eram muitos por vez, no 12º dia recebi alta do hospital para evitar infecção, mas fui para casa com a sonda e o dreno (antes disso, tive crises de pressão alta e outras coisas que ameaçavam me levar para a UTI, mas graças a Deus não foi preciso). O alimento era enlatado, parecia leite condensado sem açúcar (caroooo) e deveria ser injetado com uma seringa na ponta da sonda de 1 em 1 hora. Em casa, os dias pareciam intermináveis, eu chorava muito e rezava também, pedindo a Deus que fizesse o tempo correr, e eu aumentava meu sofrimento por não consegui controlar minha mente, eu não estava preparada para uma intercorrência e me perguntava “por que comigo?”, tive muito medo de voltar para o hospital, de morrer. Acabei deixando todos que estavam cuidando de mim muito nervosos. Depois de 22 dias Dr. Vladimir fez uma nova endoscopia e não viu mais a fístula, mas não entendeu pq o dreno ainda tinha secreção (muito pouca), ele retirou a sonda e pediu uma nova tomografia para confirmação e só depois me liberaria para vir embora. Tirar a sonda foi maravilhoso, sofri muito com ela, o seu incômodo era imensurável. Um dia depois, Dr. Marcelo retirou o dreno, explicando que aquela secreção era normal da própria cirurgia e seria absorvida pelo organismo, comecei a chorar de alívio, ele voltou-se para mim com muito carinho e disse que eu tive sorte, pois passei por uma larga escala longe da gravidade do problema porque, apesar de ser muito raro, as pessoas que passam por isso chegam a ficar meses na UTI e que eu fosse à igreja agradecer a Deus. Também explicou que precisamos ter muito cuidado durante a recuperação, respeitando a dieta de cada fase, pois uma fístula aberta quando já estamos em casa pode ser muito pior. Há pessoas que comem algo na fase liquida e vão para a UTI.
Passei o carnaval em Salvador (dentro de casa), entreguei o resultado a Dr. Vladimir no dia 18 e ele me liberou.

Precisamos ser conscientes e obedientes para o nosso próprio bem.

PERDA DE PESO

Acho que perdi pouco peso durante todo esse período, nos primeiros 30 dias perdi 10kg e 13 dias depois só perdi mais 1kg, tô preocupada, mas já vejo resultado nas roupas, tenho usado algumas que não entravam há mais de um ano, tem sido gratificante. Sei que preciso de paciência.

12 comentários:

Renata Janaína disse...

Oiie amiga!!!!
Que alegria saber que agora vc já está bem...seja bem-vinda BORBOLETA!!!!
Agradeça à Deus mesmo pela sua recuperação, tenho certeza que Ele esteve com vc em todo o tempo, mas saiba que logo tudo isso que vc passou será apenas uma vaga lembrança, vc terá muitas alegrias pra comemorar.
Muitos beijos.

Cris Fênix disse...

Que bom saber que vc voltou para casa. Vc vai ver: daqui para frente vc vai melhorar a cada dia.
Quero de te desejar uma ótima semana!
Beijos

claudia disse...

Feliz!!!!!!!!! Amiga, estou super feliz por vc estar de volta. Não encana com a perda de peso, ela será continua e logo, logo vc verá os resultados. Bem-vinda!!! Beijinho

Simone disse...

Olá, vi sobre vc em um dos blogs e cheguei até o seu. Quero te contar que passei 42 dias (20 dias na UTI)internada por conta de uma fístula e tive que realizar mais duas cirurgias enqto internada, foram dias dificeis, mas minha fé em Deus e a equipe médica maravilhosa que me atendeu me fez estar de volta para minha filha de 5 anos e minha família. Já emagreci quase 30kgs, não coloquei o anel. Agora farei 6 meses de operada e estou ótima, só não consigo comer derivados de leite e tenho dumping se ingiro açúcar. Agradeço a Deus todos os dias por estar viva e tão feliz! Que Deus a abençoe!

Grazi disse...

Querida amiga... estou muiiiiito feliz que vc voltou para casa, e passou o susto que vc levou, imagino como vc deva ter ficado, pois imaginamos que isto não possa acontecer conosco, mesmo sabendo dos riscos que seremos submetidas, mas enfim DEUS é maravilhoso, e vc está agora firme para aproveitar os benefícios da sua cirurgia. Tenho certeza que em breve vc estará com todos os quilos indesejáveis te dado adeus. Fiquei de te ligar mas acabei não conseguindo, mas saiba que estava sempre online em pensamentos positivos para vc e sua equipe médica. Vc é uma vencedora. Agradeça à Deus por tudo, e lembresse que vc é especial. Bem vinda borboleta. Bjs e força na peruca...

Rinele disse...

Olá,linda borboleta!!!, apesar de ja saber de sua historia pois liguei pra vc e vc me contou tudo o que tava acontecendo, chorei em ler sua post... vc disse uma coisa que nunca passou pela minha cabeca, sabemos dos riscos mas não imaginamos que acontecerá com a gente....
Amiga tenha paciencia,quanto a perda, de peso vc não passou por tudo isso por nada, lembresse que é 1 ano pra emagrecer... Se acalme e siga a dieta direito que dará tudo certo, boa sorte, nessa nova fase, bjs em seu filhote lindo, breve irei a Jequié e vou ai te visita.... depois me manda teu endereco tá......bjs.....

Waleska disse...

Oi!
Meu nome é Waleska, farei minha gastroplastia dia 20 de março e de verdade, estou com muito medo... Porque vc teve esta fístula?
Abraços!

Rose Ferreira disse...

Estou prestes a virar uma borboleta dia 22,03 e espero em DEUS que tudo corra bem. Fico muito feliz por vc estar de volta e bem, vc foi o oposto da cirurgia,o que a gente não espera, mais também vc provou que pode dar volta por cima e que DEUS está sempre conosco. cheiro grande!!!!

Rose Ferreira disse...

Estou prestes a virar uma borboleta dia 22,03 e espero em DEUS que tudo corra bem. Fico muito feliz por vc estar de volta e bem, vc foi o oposto da cirurgia,o que a gente não espera, mais também vc provou que pode dar volta por cima e que DEUS está sempre conosco. cheiro grande!!!!

Grazi disse...

Ju, vc nunca mais postou nada, queria saber notícias suas, post algo estou preocupada com vc. Fique em paz. Bjs

Fabiola Neves disse...

Minha princesa,
Vc não tem noção do quanto eu rezei por vc..
Pedi orações no meu blog também!!!
Estou super feliz em ver que vc está bem!!!!
Vamos agora celebrar a vida!!!!
E que Deus abençôe sua vida de borboleta!!!
Bem-vinda ao mundo das borboletas!!!!
Voe...voe muito! Seu esforço não será em vão!!!
Torço por vc, viu flor!!!
Força na peruca e vamo que vamo!!!
Beijinhos

Priscila Bittancourt disse...

Tow muiiiito felzi pela sua recuperação, saiba que torciii muitooooooo por isso!!
Beijãoooo, Fica com Deus!!